PETA: direitos dos animais combina com eutanásia?

Essa reportagem da Newsweek mostra uma relação um tanto quanto polêmica: PETA @ wikipedia.org (en) e eutanásia @ wikipedia.org (en). Desde 1998 a PETA "eutanasia"[foot]pros menos politicamente corretos, sacrifica mesmo![/foot] cerca de 85% dos animais que são "resgatados" por eles. Um mal necessário, segundo eles, que já matou 17 mil animais, na maioria (cerca de 80% pra dizer a verdade) totalmente sãos.

Mas essa opinião defendida a duras penas pela PETA não parece ser unanimidade na comunidade de direitos dos animais. Várias outras organizações tem trabalhado para atingir altas taxas de "re-adoção" dos animais, e alguns trabalham com metas de "no-kill" para os anos vindouros. A PETA, claro, nega a viabilidade da estratégia: As instituições simplesmente rejeitam animais sem chances de re-adoção para manter suas metas de "no-kill".

Enquanto isso os críticos rebatem: "With the resources at their disposal, PETA and the Humane Society of the U.S. could become no-kill in no time. Instead they have become leading killers of cats and dogs(...)"

link (by Newsweek)

A culpa é dos comunistas?

[amazonify]1583228241[/amazonify]A Newsweek tem uma entrevista interessante com a economista italiano Loretta Napoleoni @ wikipedia.org (en) que fala sobre seu livro Rogue Economics. Segundo ela, a globalização e conseqüente quebra do bloco soviético criaram uma série de fenômenos econômicos que saem das regulações existentes, seja de forma totalmente ilegal, como mercados negros e falsificações, seja em "áreas cinzas", áreas sem regulamentação apropriada por falta de visão política das mudanças econômicas, como os investimentos a descoberto dos bancos americanos e ingleses (que geraram a crise atual no mercado americano). A adaptação necessária, segundo ela, é obvia: adaptar as regulamentações existentes para o novo mundo globalizado e combater os mercados negros internacionais.

É uma visão bastante conservadora que ele expõe na entrevista, com duras críticas à globalização. Será que a solução vem mesmo por aí ou isso é apenas mais uma força tentando se agarrar ao status quo? Abaixo, uma amostra da entrevista:

You're critical of globalization. Why?
Globalization has helped rogue economics spread. In the 1970s, you knew where products came from; it was a smaller world. For example, now when you order fish in a restaurant, you don't know where it came from. Seventy percent of the fish we eat is black market, fished in violation of international laws. Our ignorance makes us unwilling partners in crime. Rogue economics is turning the global market into our worst nightmare.

link (by newsweek).