Tomtom

Nasceu neste domingo 12/04/2009, às 4:16h da madrugada o tomtom. Como bom filho de nerd, já nasceu com um LOLCat próprio (baseado em idéia do kentaro).

Obrigado a todos que ligaram, escreveram, twittaram e orkutaram, não necessáriamente nessa mesma ordem... Ou não...

Requiescat in pace, Gus

 

Gus, o cão mais lindo do mundo.

Gus, o cão mais lindo do mundo.

Gus, o lindo cãozinho da foto acima, campeão de seguidos concursos de beleza, não resistiu a um cancer e veio a falecer neste domingo (dia 9/11/2008). Descanse em Paz, Gus, você que trouxe um pouco mais de alegria ao mundo!

 

(fonte: Folha de São Paulo, imagem BBC)

Manga ou mangá?

Turma da Monica Jovem (Capa edição 1 - ago 2008)

Turma da Monica Jovem (Capa edição 1 - ago 2008)[foot]Foto protegida por direitos autorais, usada sob proteção da lei 9610/1998, art. 46, pp. III e VIII. Não usar fora do contexto deste blog.[/foot]

Caiu na minha mão por acaso e curiosidade[foot]Ok, confesso que comprei, tinha um último na banca e fiquei curioso...[/foot] um exemplar do tão hypeado mangá da Turma da Mônica Jovem. como minha curiosidade me matava, li e resolvi comentar. Não que seja ruim, longe disso. O Maurício de Souza com sua mão de ferro controla muito bem a qualidade do que sai do seu estúdio. Mas decepciona, porque não atende ao hype! Ou pior: de mangá só tem o nome!

Exagero meu. Alguns dos personagens ainda obedecem a estética do mangá, mesmo que de leve. E a cena clássica do garoto tímido sendo espremido nos mamás[foot]©Muriloq[/foot] da menina estava por lá. Os desenhos caricatos estilo boneca de pano e o uso de tracejados nas bochechas pra dar expressão aos personagens também. Mas pra mim isso não basta! Quatro andorinhas só não fazem mangá!

Faltou ambientação, faltou cenário e faltou um roteiro de mangá. Personagens secundários com arte tradicionalmente "Maurício de Souza", cenários simplistas, excesso de diálogos e um roteiro tipicamente turma da Mônica permeiam toda a revistinha[foot]Nesse ponto eu já desisti de chamar de mangá, e gibi é coisa de paulista[/foot].

Bécassine, uma das precursoras das HQs modernas, era uma historinha narrada abaixo de desenhos ilustrativos.

Bécassine, uma das precursoras das HQs modernas, era uma historinha narrada abaixo de desenhos ilustrativos.

Quando eu leio um mangá "de verdade" eu chego no final com um gostinho de quero mais, se não por nada, porque passou rápido: mangá abusa de informação visual, restringindo a informação verbal ao mínimo necessário. A "arte" é o desenho, e não o texto. Já a Turma da Mônica tradicional, no melhor estilo Bécassine, abusa inclusive do recurso do narrador. Gaças a Deus não tinha narrador nessa historinha, mas ainda assim, a história era escrita, com desenhinhos pra ilustrar, e não o contrário.

Faltou dinamismo nos desenhos (claro, só os 4 personagens principais são mangás), faltaram aquelas longas cenas de movimento, onde o fundo congela e o sangue do leitor também.

Como eu disse, não ficou ruim. O Maurício de Souza não ia deixar. Mas não é mangá. É tão e simplesmente Turma da Mônica!

De ministro a humorista é um pulo!

O cômico mor Presidente do TSE, Carlos Ayres Britto, foi tão, mas tão além das sandálias que virou expert em segurança de informação, soltando a frase mais cômica de toda a história dessa disciplina:

"A urna eletrônica é segura. É impossível conhecer o conteúdo do voto, fraudar o resultado da eleição e impossível entrar no programa para desfigurá-lo"[foot]fonte: Folha online, http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u435042.shtml[/foot]

E ainda dá vida à coisa:

"a urna eletrônica se auto-defende. Ela se fecha e está auto-imunizada."[foot]ibidem.[/foot]

Senhor ministro, sei que nunca em são consciência o senhor, humorista que é, leria meu blog, mas caso leia: por acaso você acha que os sistemas vem com as falhas de segurança "por opção do vendedor"? Que um sistema que não é aberto para ser auditado pelos estudiosos dessepaiz pode ser considerado seguro somente porque "o ministro mandou"? Seja mais sensato e se atenha às suas sandálias!

(e hoje eu vou dormir rindo e lembrando De Gaulle, tão sensato na sua estupidez...)

Update:

O sapão também comentou no blog dele essa crise de humorismo do nosso ministro:

A história do futebol nunca mais será a mesma...

O ano é 1994...

Eu, um mero estudante de segundo grau, chego em casa pra encontrar uma tremenda bagunça. Cerca de 10, talvez mais, sujeitos com bolinhas de isopor, pinceis e vidros de tinta das mais diversas cores apinham o quintal enquanto camisetas brancas vão sendo pintadas e postas pra secar. Nas costas, números romanos, todos acima de 13.

Na época eu não entendi a cena, mas estava presenciando um dos episódios mais marcantes da história do futebol brasileiro: O nascimento da Internacionalmente famosa, Poderosa Esquadra Bolínea d'Os Pereba.

Mais tarde, em 1995, tive também a oportunidade de me alistar. Na época o uniforme bolíneo já não era aquele amador, feito no quintal lá de casa, mas um uniforme cuidadosamente projetado, de mangas compridas e vermelhas, e já com o escudo que se tornaria temido em todos os campos e gramados: A bola quadrada d'Os Pereba.

Nesse ano vinha nascendo também outra novidade. Uma que, mesmo não sendo tão famosa e conhecida como Os Pereba foram, acabou durando mais tempo: A Internet. E Os Pereba, que sempre foram pioneiros, abraçaram essa nova tecnologia: em 1995 ainda, logo depois da segunda turnê nacional d'Os Pereba, surgiu o site d'Os Pereba. E enquanto a internet caminhava a passos lentos e outros clubes menos importantes como Flamengo, Corinthians e Atlético Mineiro ainda penavam para se ver online, Os Pereba inauguravam sua página, aclamada nas páginas das revistas especializadas.

Mas isso foi há muitos anos. A internet, hoje, não é mais o que era, e Os Pereba, infelizmente, não passam de mais uma lenda ao lado do Cosmos de Nova Iorque ou dos Harlem Globetrotters. O nosso patrimônio cultural foi se dissolvendo e sendo dilapidado por ingerências administrativas posteriores, como acontece em todo clube, e por fim Os Pereba fecharam as portas.

Os fãs não se conformavam. Os pedidos para que Os Pereba voltassem duraram anos até serem nada mais que mero murmúrio na memória de nossa torcida. Mesmo assim a fé move montanhas, e o Sapão, nosso ex-poeta e ex-fotógrafo oficial financiou uma expedição de arqueologia cultural: Ressuscitar a página d'Os Pereba. Graças a uma busca aprofundada nos servidores de nosso ex-Perebisidente, os arquivos perdidos d'Os Pereba foram finalmente recuperados e, graças a um extenso trabalho de restauração, estão novamente abertos ao público:

Está novamente no ar a página original da internacionalmente famosa Poderosa Esquadra Bolínea d'Os Pereba.

Um enorme esforço de arqueologia cultural nos permite apreciar novamente esta que poderia vir a ser a oitava maravilha do universo. Amigos, Contemplem!

link (@ girino.org )

Notícia urgente: Papa quase caiu devido a tropeços no Vaticano!

Segundo informa a Folha Online, o papa Palpatine 16 quase caiu nesse domingo. Foi durante uma cerimônia pública no altar central da basílica de São Pedro, no Vaticano, que o Sumo Pontífice Sith cometeu o tropeço que o deixou de joelhos.

Ajudado por fiéis, Palpatine 16 conseguiu se reerguer e seguir com a cerimônia por mais 90 minutos. O porta voz do vaticano afirma que o papa está bem, mas não estão descartadas as hipóteses de ataque terrorista por parte da resistência Jedi. Obi-wan Kenobi, porta voz dos Jedi no exílio não pôde ser encontrado pela reportagem.

link (da Folha Online).

Anotações no google reader

Duas importantes notícias:

  1. Os analistas do google leem o blog do Kenji, e
  2. O google Reader tem um recurso novo: anotações e compartilhamento de páginas da web (não só de RSS).

Sim, o recurso tão desejado pelo Kenji e por todos que comentaram no blog dele agora é realidade. Se antes você se comunicava por uma espécie de "mímica" compartilhando o que você gostava, agora você pode acrescentar seus comentários no que compartilhou. Alias, pode apenas compartilhar um mero comentário, sem notícia, blog ou artigo como "base". E ainda mais, pode compartilhar, estilo del.icio.us ou stumbleupon, páginas e sites que encontrar pela web afora.

A interface ainda está meio pobrinha se comparada com esses carinhas das antigas, e a usabilidade não é nada perfeita, mas poxa, já bate um bolão.

Alias, umas coisinhas eu achei estranhas:

  1. não dá pra deletar uma "note" (thanks paulim),
  2. quando eu "anoto" um post ou página, ele deixa eu EDITAR a página ou post original. Dá pra deturpar totalmente o que os outros disseram nos blogs e fingir que foram eles... uma loucuuuuuura... :),
  3. não dá pra "responder" um compartilhamento ou anotação. Tipo, o amigo A compartilha uma página com o comentário: "como será que faz isso?", e eu quero responder: "Faz com a mão, seu burro!!!", mas não dá! Se eu responder, o comentário dele "some" e meus amigos vão achar que eu fiquei maluco dizendo coisas sem sentido.
  4. A "widget" para gente colocar no blog tem uns bugzinhos... ja apareceu mensagem em branco, mensagem em letras garrafais ou negrito. Precisa de um certo retrabalho ali...

Mas como disse, é uma EXCELENTE feature! thanks google...

link.

Se Neil Gaiman pega leve com a JKRowling, o Orson Scott Card não...

Se no meu post anterior eu falei sobre o Neil Gaiman "filosofando" e pegando leve com a autora de Harry Potter (ou seria Larry Potter?), pois o Orson Scott Card não quer nem saber: Desceu a lenha na dona! Num artigo dele pro rhinotimes, Orson fala abertamente sobre a falta de caráter da JKRowling, da "frivolidade" do processo contra Vander Ark, da publicidade negativa e dor de cabeça que ela vai ter, não por causa da publicação do "Lexycon", mas do processo fútil e impopular, da busca por respeito acadêmico que seu livro nunca vai ter por mais que venda, e principalmente, de como ela chupou as obras de tantos escritores antes dela e agora quer impedir que chupem dela menos do que ela mesmo chupou.

Ele começa dando logo uma voadora no peito:

A young kid growing up in an oppressive family situation suddenly learns that he is one of a special class of children with special abilities, who are to be educated in a remote training facility where student life is dominated by an intense game played by teams flying in midair, at which this kid turns out to be exceptionally talented and a natural leader. He trains other kids in unauthorized extra sessions, which enrages his enemies, who attack him with the intention of killing him; but he is protected by his loyal, brilliant friends and gains strength from the love of some of his family members. He is given special guidance by an older man of legendary accomplishments who previously kept the enemy at bay. He goes on to become the crucial figure in a struggle against an unseen enemy who threatens the whole world.

E sim, ele está falando do próprio livro, Ender's Game, publicado anos antes da JKRowling pensar em escrever Harry Potter. Numa coisa eu não posso deixar de concordar com ele: De agora em diante a Dona Rowling deixou de ser a Cinderela literária e virou a bruxa má! Será que toda cinderela vira bruxa, por isso nunca ouvimos o final dos contos de fadas?

link (via /.)

PETA: direitos dos animais combina com eutanásia?

Essa reportagem da Newsweek mostra uma relação um tanto quanto polêmica: PETA e eutanásia. Desde 1998 a PETA "eutanasia"[foot]pros menos politicamente corretos, sacrifica mesmo![/foot] cerca de 85% dos animais que são "resgatados" por eles. Um mal necessário, segundo eles, que já matou 17 mil animais, na maioria (cerca de 80% pra dizer a verdade) totalmente sãos.

Mas essa opinião defendida a duras penas pela PETA não parece ser unanimidade na comunidade de direitos dos animais. Várias outras organizações tem trabalhado para atingir altas taxas de "re-adoção" dos animais, e alguns trabalham com metas de "no-kill" para os anos vindouros. A PETA, claro, nega a viabilidade da estratégia: As instituições simplesmente rejeitam animais sem chances de re-adoção para manter suas metas de "no-kill".

Enquanto isso os críticos rebatem: "With the resources at their disposal, PETA and the Humane Society of the U.S. could become no-kill in no time. Instead they have become leading killers of cats and dogs(...)"

link (by Newsweek)