Problemas com hospedagem do site e outras mudancinhas...

O meu antigo serviço de hospedagem[foot]pra quem estiver curioso, era o TeHospedo. NÃO USEM, o contrato é leonino e o suporte coloca a culpa dos problemas no usuário![/foot] (onde eu mantinha o blog e outras coisas do meu site) queimou o filme comigo. O serviço começou a ficar lento, principalmente nos finais e semana a noite. Tinha vez de demorar 5 minutos pra carregar uma simples página. Reclamei uma vez, disseram que eu teria de mantar um ping, um traceroute e mais umas coisinhas. Reclamei de novo daí uma semana, dessa vez resolveram que a culpa era minha: meu site usava mais que os 1% de CPU estipulados em contrato (hein? 1% de CPU sem especificar qual CPU beira a ma fé, né gente?). Meu site não roda nada de mais. 2 wordpress e mais um ou outro CGI. Tirei tudo do ar, deixei só os blogs, e ainda assim limpei tudo, nenhum plugin. Mas claro que a culpa não era minha, a lentidão continuou e segundo eles eu continuava sendo o culpado, já que gastava mais de 1% de CPU. Isso porque logado na máquina via SSH eu podia ver que o uso de CPU não passava de 8% no total de TODOS os usuários. É CLARO que o problema não era CPU[foot]Na verdade o problema parecia de configuração do apache ou de algum proxy reverso que por acaso eles tivessem: A conexão era estabelecida dos dois lados, mas o processo do apache e do PHP não eram startados imediatamente; depois de alguns minutos o processo do apache e do php entravam e a página era carregada instantaneamente! Eu já vi isso uma vez quando tínhamos um valor de MaxClients muito baixo lá no trampo e o número de acessos no nosso site triplicou de um dia pro outro...[/foot]. Depois de uma longa troca de mensagens com o suporte, o técnico finalmente admitiu que eles estavam com problema de lentidão e que eu "não era o único" usando mais de 1% de CPU. Mas as ameaças de cancelamento da minha conta por quebra de contrato continuavam... E a lentidão também... Enfim, apelei e troquei de serviço de hospedagem. Mais rápido, mais barato e com um suporte que aparentemente sabe o que está fazendo. Azar deles que estão ganhando uma propaganda negativa (discreta, porque não sou tão mala assim).

Enfim, com o novo serviço de hospedagem, aproveitei pra mudar as coisas. No antigo era uma nhaca criar subdomínios ou domínios adicionais. Nunca funcionava direito e eu precisava abrir chamado toda vez... Agora funciona de cara! Então meu blog saiu do domínio principal (onde ainda tem um redirect por conta de links externos que eventualmente apontem pra cá), dei uma limpada na zona de redirects que era o tudumpá, e o blog de pron também ganhou domínio próprio. No final o domínio principal virou mais um depósito de tralhas (página dos pereba, site da época da faculdade, etc e tals). Em resumo, os sites do girino.org agora são:

Atualizem os links (apesar de ser desnecessário graças aos redirects), e lembrem-se NÃO USEM A TEHOSPEDO, eles são bobos feios e chatos!

UOL XMLify: Um plugin do wordpress para propagandas do UOL XML

(Para os preguiçosos, o plugin está aqui: UOL XMLify )

Quando criei um novo blog com conteúdo que feria a licença de uso do google ad-sense (i.e. tinha mulépelada), fiquei sem opção de propagandas para colocar nos feeds. No blog em si não tinha muito problema, pois vários programas de afiliados aceitam esse tipo de conteúdo e são facilmente embutíveis em blogs, mas os feeds são outra estória. A maioria dos programas de afiliados usa javascript ou flash de uma forma ou de outra, inviabilizando o uso dos banners em leitores de feed (leia-se: não funciona no google reader).

Exemplo de anuncios XML UOL

Exemplo de anuncios XML UOL

Por sorte o UOL tinha uma modalidade nova no seu programa de afiliados: UOL XML. Esta modalidade consiste em uma API XML padrão onde eu poderia acessar a lista de produtos oferecidos, ofertas, etc, e processar e formatar da forma como bem entendesse. Primeiro pensei em fazer uma "gambiarra" como tinha feito pra embutir os anuncios do submarino (que são apenas imagens com um link padronizado), mas a coisa ficava mais complexa pois era preciso acessar o UOL e baixar os XMLs, processá-los e só então embutir no feed.

Tela de administração do plugin

Tela de administração do plugin

Optei pelo caminho mais difícil: desenvolvi um plugin. Ele está ainda em processo de aprovação pelo pessoal do wordpress para ser hospedado por lá, mas já coloquei a primeira versão aqui: UOL XMLify: Um plugin do wordpress para propagandas do UOL XML

Testem, usem e comentem!

Tutoriais, contos e etc...

Como eu migrei meu blog pra cá, esse final de semana resolvi experimentar trazer mais do meu site pra dentro do wordpress.

Nas novas abinhas ali em cima vocês vão encontrar os tutoriais, os contos e tudo mais que eu achei que valesse a pena e que estava na minha antiga wiki.

de cara nova

Fiquei com inveja do blog do Claudio Shikida e resolvi copiar o "Theme" dele. Na verdade o theme é de um tal de Ben @ Binary Moon, mas eu "conheci" ele no De Gustibus Non Est Disputandum.

Claro que como sempre eu fiz "alguns ajustes" 😉

Coloquei minhas propagandas, como sempre, alterei o CSS da tag <pre> pra ficar parecido com o <blockquote>, e ainda gastei um tempinho brincando no Gimp pra fazer a imagem dos uns e zeros que aparece no lugar das aspas 🙂

Pra quem quiser ver um exemplo:

#include <stdlib.h>

while ( 1 ) {
    if (fork()) {
        printf("forkedn");
    } else {
        continue;
    }
}

😉