Neil gaiman e "fair use" e Shannon/Minsky "Ultimate Machine"

Acordei hoje com duas notícias legais no boingboing:

A primeira, é um link pro blog do Neil Gaiman, com um texto sobre JKRowling, Tim Hunter, plágio e "fair use". Com a polêmica em torno do processo da JKRowling contra um fã que lançou um "dicionário" do mundo de Harry Potter, voltam a tona as histórias que acusam o mago juvenil de ser chupado dos Livros da Magia. Gaiman se defende das acusações por ela, e ainda de outras como subornos para não acusá-la de plágio:

(...) [N]o, I certainly *didn't* believe that Rowling had ripped off Books of Magic, that I doubted she'd read it and that it wouldn't matter if she had: I wasn't the first writer to create a young magician with potential, nor was Rowling the first to send one to school. It's not the ideas, it's what you do with them that matters.

Genre fiction, as Terry Pratchett has pointed out, is a stew. You take stuff out of the pot, you put stuff back. The stew bubbles on.

link (via boingboing)

A outra notícia é de um atoa sujeito habilidoso que construiu uma "ultimate machine", descrita por Claude Shannon e Marvin Minsky em um artigo bem humorado: Basicamente uma caixa com um interruptor que quando ligado faz abrir a caixa de onde sai uma mão que desliga o interruptor. Nada mais inútil ;). Pois esse sujeito não sossegou enquanto não construiu a sua própria "ultimate machine". Tudo registrado em vídeo, claro:

link (by boingboing)

One thought on “Neil gaiman e "fair use" e Shannon/Minsky "Ultimate Machine"

  1. Pingback: girino.org » Blog Archive » Mais gaiman, mais Copyright, mais JKRowling…

Leave a Reply