2007 August 11 22:25:16 BRT


Pedidos desesperados

Fui ver o que tinha de novo no meu site/blog hoje, e achei o seguinte comentário em Discussão:Fractal - Um tutorial:

Para quem entanda de Fractais e saiba programar!!!!!

eu estou tentando aprender a programar fractais, tenho estudado bastante numeros complexos, e visto muitos artigos e imagens de fractais, (Mas nao consigo instalar java pra programar e visualizar os fractais), queria ajuda para instalar(PROGRAMA) e programar fractais (ja li sua pagina inteira ensinando sobre fractais, e como programar, é vc mesmo, que tem a mae que intende de teoria do caos!!!!!!)

ESTOU LOUCO PARA ENTRAR A FUNDO, MAS EU TENHO QUE CONSEGUIR INSTALAR ALGUMA LINGUEM DE PROGRAMACAO BOA PRA PROGRAMAR FRACTAIS!!!!!!

ajuda, AJUDA!!!!!

Deixado por um anônimo IP.

Não tenho a menor idéia de onde eu deixo um resposta pra ele, então vou deixar aqui no Blog, na esperança que ele consiga ler...


Resposta

Caro anônimo, algumas linguagens são mais fáceis de aprender que outras. A linguagem que eu utilizo para programar fractais é particularmente difícil, principalmente para inciantes: Java. Se quiser aprender Java e souber inglês, recomendo os tutoriais presentes no site da Sun: http://java.sun.com/docs/books/tutorial/. O tutorial ensina inclusive como instalar as ferramentas que serão necessária para programar em Java. Se não souber inglês, aconselho que procure no google, porque não sei a qualidade dos tutoriais em português.

Se quiser, começar por uma linguagem mais fácil de aprender, entretanto tão rica e poderosa quanto o Java, tente começar pelo python. Python também tem um excelente tutorial em inglês: http://docs.python.org/tut/tut.html. Para tutoriais em português fico no mesmo problema: não sei indicar!

Agora resta lembrar que aprender a programar não é que nem andar de bicicleta: você vai levar semanas, quem sabe meses, até conseguir fazer algo sozinho. Para fazer algo minimamente útil, estimo que levará uns 2 anos. Para fazer algo comercialmente viável, 5 a 10 anos. Não se desespere, é assim mesmo! Insista e quem sabe, prove me wrong.

--girino 22:45, 11 Agosto 2007 (BRT)


O que não fazer

Bom, ali em cima dei as dicas de linguagens "úteis" para se programar fractais. Agora neste update vou dar as dicas das inúteis:

  • PHP e ASP: São linguagens específicas para produzir conteúdo web. Apesar de muito populares, não são boas para "desenhar" absolutamente nada, simplesmente porque elas não tem (de forma fácil) como gerar uma interface gráfica pro seu programa.
  • Javascript: apesar de eu ter feito isso, não recomendo. Era simplesmente uma "prova de conceito". Desenhar em javascript é difícil e ineficiente. Gastei toda minha experiência para passar por cima das dificuldades mais básicas. Para um novato, desenhar em Javascript é simplesmente suicídio.
  • COBOL, FORTRAN, ALGOL e outas linguagens da idade da pedra: pode até ser fácil (em fortran deve ser facílimo) programar e desenhar fractais, mas as linguagens são tão ultrapassadas que você vai ficar "preso" no mundo de 1984 pra sempre. Já que vai aprender, aprenda algo que vai ser útil no futuro.
  • C e C++: A primeira é abstrata (ou concreta, depende do ponto de vista) demais para quem está aprendendo, a segunda difícil demais. Ambas são péssimas pra se começar por darem margem a erros exotéricos e inexpugnáveis. Recomendo que aprenda C só depois de ter aprendido outra linguagem.
  • Perl: existem 1000 maneiras de se programar em perl, invente uma. Perl é legal, mas tem a incrível propriedade de tornar o melhor dos códigos (programas) ilegível. Típica filosofia: write once, read never!
  • PL/SQL, TransactSQL e outras linguagens de stored procedure: precisa falar? quem quer um elefante pra matar uma formiga? Se é que tem como fazer, o que eu acho que não.
  • VBA (linguagem de macros do office): Tá loco? Quer programar um fractal dentro do word? Perdeu a cabeça né?


Outras opções

Claro que existem milhares de outras opções de linguagens, pode sempre escolher a que mais combina com você. Alguns exemplos de outras linguagens que podem ser usadas para programar factais:

  • Delphi e Visual Basic: São ótimas para criar interfaces gráficas, o que pode facilitar a vida dos iniciantes. Mas geram vícios de programação horrorosos, por isso não recomendo. Melhor aprender "bem" com uma linguagem mais difícil do que aprender mal aprendido com uma linguagem mais fácil.
  • Matlab, scilab e outras linguagens matemáticas: São ótimas para se trabalhar com qualquer coisa que envolva matemática, mas não servem pra mais nada. Se quer fazer apenas factais e mais nada, é uma boa opção. Mas pra qualquer outra coisa, desista.
  • C#: Eu pessoalmente não conheço, mas como já li bastante a respeito, acho que pode ser uma opção razoável para quem vive no mundo windows.
  • Flash: Também não conheço, mas como é própria pra desenhos, acho que deve facilitar bem o trabalho. Ou não, vá saber! Taí... Vou começar a estudar essa porqueira pra ver se faço fractal em flash.

Enfim, linguagem de programação é que nem bunda: Cada um tem a sua! Eu mesmo tenho a sua há algum tempo, mas estou enrolando pra comer!

Se eu pensar em mais besteira eu escrevo aqui depois de novo!

--girino 23:36, 11 Agosto 2007 (BRT)

Leave a Reply